Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

banner_SEMARH_consulta_publica.png

« Setembro 2018 »
Setembro
SeTeQuQuSeSaDo
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Tag Cloud

WP Cumulus Flash tag cloud by Roy Tanck requires Flash Player 9 or better.

 
» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2015 Setembro Estado investe para inserir pessoas com deficiência no mercado formal de trabalho
14/10/2015 - 10h33m

Estado investe para inserir pessoas com deficiência no mercado formal de trabalho

De acordo com o secretário do Trabalho e Emprego, Rafael Brito, demanda por vagas é grande devido à lei de cotas

Estado investe para inserir pessoas com deficiência no mercado formal de trabalho

Treinamento com as pessoas que têm deficiência, seja auditiva, visual, física, mental, em qualquer nível, visa prepará-las para o mercado de trabalho

A Secretaria de Estado do Trabalho e Emprego (Sete) tem se esforçado para, no que lhe compete, melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência em Alagoas. Exemplo disso é a oficina de sensibilização laboral para pessoas com deficiência, que aconteceu na tarde desta quinta-feira, 17, na sede do Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Alagoas, no bairro do Jaraguá.

Trata-se de uma espécie de treinamento com as pessoas que têm deficiência, seja auditiva, visual, física, mental, em qualquer nível. As atividades visam capacitar esses cidadãos para que ocupem as vagas que, pela lei de cotas (Lei 8.213/91), lhes cabe no mercado de trabalho formal.

De acordo com o secretário da pasta, Rafael Brito, o Estado de Alagoas nunca havia realizado ações com esta finalidade. No entanto, desde janeiro, a secretaria tem procurado estreitar os laços e ampliar o diálogo com esses cidadãos.

“A demanda das empresas é grande. Temos 118 vagas em aberto e, para ocupá-las, as pessoas com deficiência precisam estar capacitadas e cientes da realidade que vão encontrar quando se inserirem no mercado”, afirmou Brito.

O diálogo tem surtido efeito. Em 2015, cerca de 50 pessoas com deficiência já foram empregadas por intermédio da Secretaria de Estado do Trabalho e Emprego – a meta é 100. Para o ano que vem, a ideia é dobrar ou triplicar esse número.

Para Telma Rodrigues, psicóloga e coordenadora do setor de inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho da Associação dos Deficientes Físicos de Alagoas (Adefal)), ações como a oficina desta quinta-feira são de extrema importância. 

“As palestras preparam para o que eles vão encontrar no mercado, nas empresas. Infelizmente ainda existe muito preconceito, mas esse tipo de acompanhamento ameniza as situações difíceis que eles venham passar”, assegurou a coordenadora.

A oficina é um dos eventos preparatórios para o Dia D de Inclusão Social e Profissional da Pessoa com Deficiência no Mercado de Trabalho Formal, ação promovida pelo Sine que será realizada, em todo o Brasil, no próximo dia 25 de setembro.

Ações do documento
banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg

banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

Portal da Transparência

relatorio_emprego_renda.png

Banner observatorio.jpg

procon.jpg