Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

banner_SEMARH_consulta_publica.png

« Abril 2018 »
Abril
SeTeQuQuSeSaDo
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30
Tag Cloud

WP Cumulus Flash tag cloud by Roy Tanck requires Flash Player 9 or better.

 
» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2015 Setembro Conselho Estadual de Economia Solidária discute, nesta quinta, ajuste no projeto Cata Mais
14/10/2015 - 10h16m

Conselho Estadual de Economia Solidária discute, nesta quinta, ajuste no projeto Cata Mais

Convênio do programa está suspenso por determinação do Ministério do Trabalho e Emprego

 Conselho Estadual de Economia Solidária discute, nesta quinta, ajuste no projeto Cata Mais

Sete busca solução para retomar o projeto

Formado por representantes do Governo do Estado, entidades de apoio e sociedade civil, o Conselho Estadual de Economia Solidária promove uma reunião extraordinária nesta quinta-feira (17), às 10h, no auditório do Centro de Belas Artes de Alagoas – Cenarte.  Em pauta, a suspensão temporária do convênio entre o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e o Governo de Alagoas, através da Secretaria de Estado do Trabalho e Emprego.

Determinado pelo ministério, o convênio foi suspenso por motivo de anormalidades na relação de trabalho entre o Instituto Travessia e seus funcionários. A empresa com sede em Recife, foi selecionada por meio de processo licitatório em 2014 para executar o projeto Cata Mais.

As constatações desses fatos motivaram o Ministério do Trabalho e Emprego a enviar uma equipe de monitoramento de contrato para Alagoas, que resultou em uma série de decisões do Ministério Público do Trabalho e do próprio Ministério do Trabalho e Emprego. 

As recomendações apresentadas pelos órgãos foram a suspensão temporária do convênio e rescisão do contrato com o Instituto Travessia. As medidas administrativas cabíveis já estão sendo tomadas e com o auxílio da Controladoria Geral do Estado estão sendo analisados os documentos comprobatórios do convênio.

De acordo com o presidente do Conselho e secretário Executivo de Gestão Interna da Secretaria de Estado do Trabalho e Emprego, Lailson Ferreira, a preocupação da secretaria estadual, no primeiro momento, é a conclusão rápida das averiguações e a imediata retomada do projeto, pois pela importante contribuição ao segmento dos catadores qualquer paralisação fará com que os benefícios do projeto demorem mais a chegarem ao público-alvo. 

“O que a Secretaria do Trabalho e Emprego queria é que o programa não fosse interrompido, mas diante das determinações do Ministério do Trabalho e Emprego, estamos buscando uma solução visando retomar o projeto, pois entendemos o valor social e econômico que o possui o Cata Mais para as cooperativas e trabalhadores da coleta seletiva de Alagoas”, declarou Ferreira.

Ações do documento
banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg

banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

Portal da Transparência

relatorio_emprego_renda.png

Banner observatorio.jpg

procon.jpg